21 termos do faturamento e conceitos em saúde

conceitos em saúde

Nós sabemos: os conceitos em saúde e termos utilizados no faturamento hospitalar podem gerar dúvidas.

Afinal, são tantas siglas e nomenclaturas que é normal se confundir.

Justamente por isso, destacamos 21 conceitos em saúde para facilitar sua rotina.

Além disso, esse conteúdo poderá te ajudar quando o assunto for faturamento hospitalar.

Vamos lá?

 

Aceite de Glosa

O aceite de glosa acontece quando um hospital considera correta a notificação de itens ou guias completas glosadas pela operadora de saúde.

Como resultado do aceita da contestação de um faturamento enviando para o plano de saúde, retirando a cobrança.

Auditoria

A auditoria é a análise minuciosa de documentos ou processos, com o objetivo de verificar se estão de acordo com os padrões estabelecidos.

Entretanto uma auditoria hospitalar, pode ocorrer em diversos setores:

  • No financeiro, para auditoria de contas médicas,;
  • Atendimento auditando os procedimentos laboratoriais.
  • Assim por diante…. 

 

Agências Reguladoras

São instituições, em sua maioria governamentais, responsáveis por regulamentar normas e padrões a serem seguidos. No caso do setor da saúde, a principal agência reguladora é a Agência Nacional de Saúde Suplementar.

 

Automação de Contas

A automação de contas, sobretudo quando aplicamos esses conceitos em saúde, trata-se de uma tecnologia responsável por automatizar processos. Um exemplo disso é a baixa de pagamentos e inserção de débitos em sistema, entre outros.

 

Autorização de convênio

Documento emitido pela operadora de saúde, dando aceite para que o paciente realize o procedimento solicitado.

Entretanto, em alguns casos essa autorização vem em forma de código ou token, validando o hospital a realizar o atendimento ao paciente.

 

Ciclo de Receita

O ciclo da receita é o caminho que os faturáveis percorrem até chegar de fato a emissão da conta, andando lado a lado com o processo hospitalar durante o período da estadia do paciente na unidade de saúde.

 

Faturamento

Faturamento, em sua essência, é o nome que se dá para a emissão da conta de um produto ou serviço prestado.

Porém, quando falamos de faturamento hospitalar o conceito não é muito diferente, porém, pode envolver mais processos até de fato concluí-lo.

No faturamento hospitalar estão envolvidos, por exemplo:

  • Auditoria de guias, 
  • pré-faturamento, 
  • identificação de tabelas e códigos de precificação…
  • etc

 

Conciliação Financeira

No ambiente hospitalar a conciliação financeira se dá logo após o pagamento de um lote de guias faturadas, onde o setor financeiro da instituição determina qual faturamento pertence o valor pago, realizando as devidas baixas sistêmicas.

Portanto, este é um trabalho que demanda tempo, pois costuma ser realizado manualmente, aqui é válido uma pesquisa para conhecer soluções que facilitem neste processo.

 

Conta Hospitalar

Fruto do faturamento hospitalar, resumindo todos os serviços prestados, medicamentos utilizados e procedimentos realizados para um paciente durante sua estadia em uma unidade de saúde.

 

Convênio

Também conhecidos como operadoras, os convênios são os planos de saúde, na sua maioria de iniciativas privadas, que realizam o intermédio paciente – hospital.

Pois ele é responsável pelo pagamento das contas médicas de seus beneficiários.

 

Gestão de Glosa

A gestão de glosa pode acontecer em uma instituição de saúde, a partir do momento em que a mesma desenvolve ações com objetivo de:

  • Identificar;
  • Classificar ;
  • Realizar ações reativas.

Dessa forma, o objetivo são os resultados positivos para este deflator da administração em saúde.

 

Glosa no Faturamento Hospitalar

Glosas no faturamento hospitalar, são os valores não pagos pelas operadoras de saúde aos hospitais.

Assim sendo, essa recusa de pagamento pode ocorrer por diversos fatores, sejam por questões burocráticas ou por falhas na execução do procedimento cobrado.

 

Guia de faturamento

Uma guia de faturamento é um documento emitido pelo setor financeiro hospitalar, contendo as informações de um prontuário médico pertinentes ao faturamento.

O objetivo é de emitir a conta médica que posteriormente será enviada a operadora de saúde.

 

HIS

A sigla HIS – Hospital Information System (Sistema de Informações Hospitalares) é o software responsável por gerir todo o processo hospitalar.

Nesse sentido, cada departamento o alimenta com as informações pertinentes, centralizando o processo hospitalar em uma única plataforma.

 

Integração

Na tecnologia em saúde, a integração acontece quando um sistema secundário conversa com o sistema principal de uma instituição, exportando as informações de uma para outro de forma automática.

Ou seja, ele foi desenvolvido pensando em otimizar o tempo com questões burocráticas.

 

Lote de Faturamento

A junção de até 100 guias de faturamento identificadas, e que serão enviadas para operadora de saúde, preferencialmente em um arquivo com formato XML é chama de lote de faturamento.

 

Pré-faturamento

O pré-faturamento é uma etapa (não obrigatória) de um faturamento, onde seu objetivo é identificar possíveis falhas nas guias médicas.

Portanto, este processo ocorre antes delas serem de fato faturadas.

 

Repasse Médico

O repasse médico, ou honorários médicos, são os valores direcionados aos profissionais de saúde referente ao atendimento prestado, é a parte da conta hospitalar que cabe aos médicos.

 

Tabela de faturamento

Tabelas de faturamento é um compilado de informações, como: códigos, especificações, referências e valores de um determinado produto, serviço ou procedimento médico.

Certamente, as tabelas são norteadoras para os hospitais emitirem as contas médicas e decisivas para as operadoras realizarem os pagamentos.

 

TISS

TISS é a sigla para Troca de Informações da Saúde Suplementar, é o modelo padrão de documentação a ser seguido entre operadoras, prestadores e órgãos reguladores para troca de informações, como:

  • Dados de Pacientes;
  • Dados Financeiros;
  • Diretrizes;
  • Entre outras.

 

XML

O XML é um formato de documento digital, muito comum nas emissões de notas fiscais, mas, que também é utilizado para formatar documentos pertinentes ao faturamento hospitalar.

 

Este conteúdo foi relevante para você?

Ficou com alguma dúvida?

Existe algum termo que você não conhecia?

Comenta aqui embaixo que te ajudaremos! 

Por fim, acreditamos que, como você se interessa por conceitos em saúde, um post inteiro sobre o conceito de faturamento hospitalar, além de te trazer boas ideias, será útil na sua gestão de resultados.

Por isso, acesse agora o guia completo do faturamento hospitalar e fique mais informado ainda sobre o assunto:

conceitos em saúde