Tecnologia e saúde: tendência ou necessidade?